Resolvendo o problema do cartão de crédito roubado

Ter o cartão de crédito roubado é um verdadeiro pesadelo, principalmente quando não sabemos o que fazer depois de sermos vítimas desse grande transtorno, por isso é sempre bom estar bem informado sobre o assunto.

Sendo assim, antes de qualquer coisa, a regra de ouro é manter a calma e fazer um B.O, o mais rápido possível, pois, só a partir desse ponto, o problema ficará mais fácil de ser resolvido.

Como essa é uma medida de proteção, caso ocorram compras após o comunicado de roubo, o titular fica isento da responsabilidade na hora de efetuar o pagamento.

Mas, além disso, existem outras opções de dicas sobre o que fazer ao ter um cartão de crédito roubado e evitar prejuízos absurdos.

Dicas de procedimentos após ter o cartão de crédito roubado

Como citamos acima, uma das primeiras coisas que deve ser feita, quando tiver o cartão de crédito roubado, é efetuar um B.O e comunicar o acontecido a administradora ou banco, isso evitará que as compras feitas em nome do titular devam ser quitadas por ele.

Entretanto, é preciso dar continuidade a esse procedimento, para que a situação realmente fique esclarecida de uma forma satisfatória e seja resolvida no ato de sua confirmação, portanto:

  • Depois de efetuar o boletim de ocorrência e consequentemente comunicar a administradora sobre o cartão de crédito roubado, é indispensável pedir o cancelamento ou bloqueio de seus recursos imediatamente.
  • Feito isso, o segundo passo é enviar um e-mail, fax ou carta com o protocolo de atendimento do seu comunicado para a empresa do cartão de crédito, sem esquecer de manter consigo uma cópia, como prova de que tais medidas foram realmente solicitadas.
  • A partir disso, comece a monitorar o extrato do cartão de crédito roubado e anote todas as transações inconvenientes, para o caso de surgirem possíveis faturas com contas que não foram feitas por você, então mantenha a administradora e o banco, devidamente informados.
  • Caso possua algum seguro contra cartão de crédito roubado, verifique se a política de contratação tem disponibilidade para atende-lo e irá cobrir quaisquer encargos extras.

Mantenha-se firme ao fazer as exigências cabíveis e tenha muito cuidado, pois quando se trata de dinheiro, a negligência pode atrapalhar ou até mesmo aumentar a proporção do problema, trazendo outros conflitos de interesse.

Lembretes essenciais para que tudo funcione perfeitamente

Se você deixar de informar que teve o cartão de crédito roubado na hora, provavelmente terá que arcar com os possíveis gastos recorrentes desse ato, por exemplo:

  • Caso o relato sobre o cartão de crédito roubado seja feito dois ou três dias depois, qualquer compra efetuada nesse tempo ainda será de sua responsabilidade, já que não existe como comprovar o roubo antes do B.O ser consumado.
  • Como cada administradora possuí politicas próprias e muito distintas, saber as informações do seguro com antecedência é a melhor opção para não ser pego de surpresa caso imprevistos aconteçam.
  • Por mais que algumas fatalidades possam ocorrer, se proteger delas é fácil, principalmente em caso de ter o cartão de crédito roubado, mas é necessário ter responsabilidade acima de tudo.

Sendo assim, a transparência nas informações em relação ao destino do dinheiro é um fator definitivo que deve ser exigido a todo custo, para maior tranquilidade do cliente.

O conhecimento é um fator determinante

Para que as soluções sejam práticas e satisfatórias, mesmo envolvendo assuntos burocráticos, estar ciente de nossos direitos é muito importante.

Portanto, não tenha medo de insistir e fique em cima da administradora ou banco, até que todas as suas dúvidas sejam realmente esclarecidas em relação ao cartão de crédito roubado.